segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Não existe orisa Irókò.



Autor: Babalawo Ifagbaiyin Agboola

Durante o processo que contribuiu com a vinda dos orisás para o Brasil, por varias razões muito se perdeu.
A necessidade de esclarecer sobre alguns orisás o publico em geral nos obriga a assumir uma postura não de dono da verdade, mas de alguém que sustenta uma discussão sadia como beneficio para o culto de orisá no Brasil.

Irókò na religião tradicional yoruba é uma arvore, (Chlorophora excelsa), a confusão se criou por conta de alguns mistérios envolvendo as divindades que são cultuadas entre as raízes da mesma, o fato de também ser habitada por espíritos abikus, complicou mais ainda os esclarecimentos sobre o verdadeiro culto ao orisás Oluwere.

Oluwere é uma divindade que deve ser cultuado buscando vida longa, esse orisá contribui para melhorias na saúde, assim como afasta as energias negativas possibilitando uma melhor qualidade de vida.

O orisá Oluwere, pode ser cultuado também em outras arvores, a dificuldade maior é encontrar o local de culto adequado, mas algumas arvores centenárias podem ser usadas no culto a esse orisá, o Baobá,   (Adansonia digitata), é um exemplo.

Iroko iku ko
Bere iku ko...
Iroko afasta a morte...


0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial