segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Consultando opele Ifá.


Autor: Babalawo Ifagbaiyin  Agboola.


Há vinte e dois anos atrás conversando com um amigo yorubano (Adileke), desenvolvi um método para gravar as impressões dos odus, baseado em um sistema usando algarismo arábico.

O método Ifagbaiyin, consiste em considerar a figura côncavo do opele como número um e a convexa como número dois, sendo assim a impressão de um odu seria representada por um milhar, usado duas vezes quando o odu é meji, o sistema de uso do opele e das impressões de odu é fundamental para o inicio da manipulação do opele, todo babalawo quando inicia seus estudos dedica muito tempo para gravar essas figuras, esse método visa facilitar a memorização.

 Ogbè méjì           = 1111/ 1111
Òyèkú méjì          = 2222/ 2222
Ìwòrì-méjì            = 2112/2112
Òdí méjì               = 1221/1221
Ìròsùn meji           = 1122/1122
Òwónrín méjì       = 2211/2211
Òbàrà méjì           =1222/1222
Òkànràn méjì       = 2221/2221
Ògúndá méjì        = 1112/1112
Òsá méjì              = 2111/2111
Ìká méjì               = 2122/2122
Òtúrúpòn méjì      = 2212/2212
Òtúrá méjì            = 1211/1211
Ìretè méjì              =1121/1121
Òsé méjì              = 1212/1212
Òfún méjì             = 2121/2121
A didática adequada favorece a memorização e facilita o estudo, todo awo deve ter como base as impressões dos odus tanto na hora da consulta a opele como ikin.




Segue abaixo exemplos:
 Ìrosùn méjì
               
*             *            1              1
*             *            1               1
* *         * *         2               2
* *         * *         2               2

Outros exemplos:

Òsé Òtúrá
1             1
2             2
1             1
2             1
Igual a 1212/ 1211

Ogbè Òbàrà = 1111/1222

Dentro de quinze dias esse método vai ser divulgado inúmeras pessoas e com certeza vai aparecer um grande número de pessoas se dizendo o autor do sistema, o importante não é isso, e sim a divulgação de métodos que facilitem os estudos para os novos iniciados em ifá, os tempo mudaram e a tecnologia esta ai para facilitar os estudos.







Consultando opele Ifá.


Autor: Babalawo Ifagbaiyin  Agboola.


Há vinte e dois anos atrás conversando com um amigo yorubano (Adileke), desenvolvi um método para gravar as impressões dos odus, baseado em um sistema usando algarismo arábico.

O método Ifagbaiyin, consiste em considerar a figura côncavo do opele como número um e a convexa como número dois, sendo assim a impressão de um odu seria representada por um milhar, usado duas vezes quando o odu é meji, o sistema de uso do opele e das impressões de odu é fundamental para o inicio da manipulação do opele, todo babalawo quando inicia seus estudos dedica muito tempo para gravar essas figuras, esse método visa facilitar a memorização.

 Ogbè méjì           = 1111/ 1111
Òyèkú méjì          = 2222/ 2222
Ìwòrì-méjì            = 2112/2112
Òdí méjì               = 1221/1221
Ìròsùn meji           = 1122/1122
Òwónrín méjì       = 2211/2211
Òbàrà méjì           =1222/1222
Òkànràn méjì       = 2221/2221
Ògúndá méjì        = 1112/1112
Òsá méjì              = 2111/2111
Ìká méjì               = 2122/2122
Òtúrúpòn méjì      = 2212/2212
Òtúrá méjì            = 1211/1211
Ìretè méjì              =1121/1121
Òsé méjì              = 1212/1212
Òfún méjì             = 2121/2121
A didática adequada favorece a memorização e facilita o estudo, todo awo deve ter como base as impressões dos odus tanto na hora da consulta a opele como ikin.




Segue abaixo exemplos:
 Ìrosùn méjì
               
*             *            1              1
*             *            1               1
* *         * *         2               2
* *         * *         2               2

Outros exemplos:

Òsé Òtúrá
1             1
2             2
1             1
2             1
Igual a 1212/ 1211

Ogbè Òbàrà = 1111/1222

Dentro de quinze dias esse método vai ser divulgado inúmeras pessoas e com certeza vai aparecer um grande número de pessoas se dizendo o autor do sistema, o importante não é isso, e sim a divulgação de métodos que facilitem os estudos para os novos iniciados em ifá, os tempo mudaram e a tecnologia esta ai para facilitar os estudos.