domingo, 3 de julho de 2016

Babalawo de fato




Autor: Babalawo Ifagbaiyin Agboola


Existem várias definições da palavra Babalawo, mas a mais conhecida é pai do segredo, pai do conhecimento das coisas materiais e espirituais.

Seria muito bom se fosse assim, se todo Babalawo fosse o pai ou senhor do segredo, porém a realidade é muito diferente daquilo que imaginamos, assim como nas demais profissões, os sacerdotes de Orunmila precisam estudar e se especializar para que conquistem o respeito de sua comunidade.

No Ifá é exigido muito estudo, muita dedicação, assim como anos de trabalho, mas só isso não é o suficiente.

Não é toda a pessoa que é submetida a um Itelodu que vai ser um Babalawo, o ritual credencia, mas não habilita.

No Itelodu, os rituais possibilitam que o iniciado tenha acesso a informações que o transformarão em um sacerdote, mas a principal mudança é interna, se não houver a melhoria do ser, a transformação não acontece.

O sacerdote de Orunmila deve ser um exemplo para a sociedade, mas isso nem sempre acontece, mesmo no território yoruba o excesso com a bebida, a preguiça e a falta de caráter termina afastando o homem de seu destino.

A falta de ética motivada pela ganancia e pela vaidade corrompe os princípios e enfraquecem o caráter, gerando um afastamento gradual que ocasiona a perda do poder de realização.

Existe uma diferença muito grande entre ser Babalawo e ser iniciado em Ifá, um Babalawo é um sacerdote que vai dedicar sua vida a estudos e a melhoria do seu caráter se capacitando a o atendimento da população.

Um Babalawo não usa drogas, não é alcoólatra, ele não quebra a sua palavra, ele não trai.

Um Babalawo paga as suas dividas.

Um Babalawo é honesto.

ÒTÚRÁ-RETE

Òtúrá-Rete controla você.

Se você nascer, tente se produzir novamente.

Òtúrá-Rete, Amuwon, Amuwon, ele que sabe que a moderação nunca entrará em desgraça.

Eu digo: Quem sabe a moderação?

Orúnmìlà diz: Ele que está trabalhando.

Eu digo: Quem sabe a moderação?

Orúnmìlà diz: Ele que não desperdiçará o dinheiro dele.

Eu digo: Quem sabe a moderação?

Orúnmìlà diz: Ele que não roubará.

Eu digo: Quem sabe a moderação?

Orúnmìlà diz: Ele que não tem dívidas.

Eu digo: Quem sabe a moderação?

Orúnmìlà diz: Aquele que nunca bebe álcool,

Aquele que nunca quebra um juramento com os amigos.

Òtúrá-Rete, aquele que acorda muito cedo e medita dentro dele por causa das atividades!

Entre os espinhos e cardos,

a folha do dendezeiro se projetará para fora.

Jowóro nunca gastará todo o seu dinheiro,

Jokoje nunca será um devedor.

Se Eesan dever muito dinheiro, ele pagará a dívida.

Amuwon é o ameso, (aquele que tem um bom senso do que é certo).





  

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial