sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Ìyánifá




Bàbáláwo Ifagbaiyin Agboola

 Eu sinto vergonha quando leio alguns textos que tem como objetivo diminuir a importância das mulheres na religião tradicional yorùbá.

Quem deveria sentir vergonha é quem escreve essas besteiras, mas quem sente vergonha por algumas dessas pessoas dizem ser iniciadas em Ifá, sou eu.

O Ifá deveria trazer paz para a vida dessas pessoas, porque Ifá esclarece as dúvidas e soluciona os problemas, mas isso não está acontecendo com eles.

Uma Ìyánifá pode iniciar em Òrìsà, pode fazer Isefá, pode também consultar com Ikin e opele e fazer ebó.

Todos deveriam saber que uma Ìyánifá só não participa dos rituais para o Òrìsà Oro e para os rituais referentes à Iyá Odù.         
            
A Ìyánifá tem o direito de ter sua casa e atender a sua família e todas as pessoas que a procuram, ela só não pode fazer um itefá ou um Ìtelódù, por razões obvias.

Para fazer um itefá necessita fazer rituais para Iya Odù, isso é evidente.

Toda Ìyánifá com permissão para ter a sua casa tem a seu lado um Bàbáláwo, preparado para fazer os rituais necessários para tudo relativo à Iyá Odù.

Qualquer pessoa iniciada em Ifá deveria saber que para fazer um Itefá à pessoa deve ser iniciada nos culta a Iyá Oduologboje.

Porque algumas  pessoas têm essa necessidade de diminuir a figura feminina?

Isso deve ser fruto de problemas psicológicos, falta de informação ou preconceito.

Eu não pretendo explicar tais questões, deixo isso para os psicólogos e para os assistentes sociais, mas sinto vergonha porque essas pessoas são iniciadas no Ifá.

Na religião ou em qualquer outro seguimento não existe espaço para tanta ignorância e preconceito.

Se as pessoas se calarem agora será a vez das mulheres, amanhã serão os negros e depois os homossexuais.

Se continuar assim com o tempo somente os ignorantes poderão fazer parte de nossa religião.

No Ifá assim como na vida, os imbecis estão ocupando espaços porque os  homens de bem estão calados.

Não podemos esquecer que é responsabilidade de todos impedirem, o avanço do preconceito.

Só combatendo essas ações vamos poder sonhar com dias melhores e com uma sociedade mais justa, é indigno se calar diante dos fatos.


0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial