domingo, 22 de julho de 2018

Mercadores de ilusões II

Mercadores de ilusões II

Iniciação para Olúwo não existe!
Todas assemanas nós recebemos mensagens com questionamentos de pessoas do Candomblé quepretendem fazer iniciação na Religião Tradicional Yorùbá.
Nos últimos messes várias pessoas tem me feito a mesma pergunta sobre iniciação de Olúwo, eu imaginava que isso já estivesse claro para os nossos leitores.
Existe iniciação para Olúwo?
NÃO!
Não existe iniciação para Olúwo, não existe iniciação para Àràbà, assim como também não
deveria haver iniciação para Apena (sacerdote Ògbóni).
Uma pessoa não pode ser iniciada como Olúwo por uma razão muito simples, NÃO EXISTE ESSE RITUAL.
Existe iniciação em Ìyá Odu (Ìyá mi Odùlógbòjé), em razão do odu de nascimento do iniciado, mas isso não torna ele um Olúwo.
Ter Ìyá Odu não quer dizer ter conhecimento, ter experiência, ser iniciado nesse òrìsà não quer dizer que você é um líder reconhecido por sua família.
A mesma regra se aplica ao Òye de Àràbà, o nome desse Òye faz referência a grande arvore muito conhecida no território Yorùbá como alusão ao fato que por ela ser grande pode abrigar várias espécies a sua sombra.
Quem não conhece nada vai abrigar as pessoas de toda aquela família de que forma?
A mesma regra serve para o Sacerdote Ògbóni Apena que tem como função principal iniciar outras pessoas na sociedade secreta, como é que uma pessoa vai fazer iniciações se ela está sendo iniciada naquele momento?
Se ela ignora tudo sobre aquele seguimento e ela entra vendada, como poderia iniciar alguém?
Essas funções são conquistadas com o tempo, com o esforço, com dedicação e mais que isso com conhecimento.
Nenhum tipo de certificado atesta saber ou agrega prestigio.
Se continuar assim em breve vai existir iniciação para Olódùmarè (Deus), se é que já não
existe.
O que está acontecendo com o nosso povo?
Será que o nosso povo é tão inocente assim que acredita nessas nessa baboseira.
De qualquer forma sei que esse texto não vai ser visto com bons olhos por aqueles que vendem ilusões.
Olúwo Ifágbaíyin Agboola







0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial