quarta-feira, 26 de julho de 2017

Ifá no novo mundo.


Autor: Olúwo Ifábaíyin Awolola Agboola

Após ter viajado por alguns países da américa do sul e me confrontar com a realidade, percebi que se não fosse trágica seria cômica a situação que envolve o ifá no novo mundo, infelizmente os supostos descendentes de Òrúnmìlá com raras exceções são criminosos e comerciantes que prejudicam a nossa religião.

O comercio do sagrado cresceu tanto que na América muitos dos supostos Bàbáláwos não sabem nem o significado de seus nomes. A falta de informação é tanta que teóricos Olúwos amanhecem e anoitecem incorporados, com a ignorância e a falta de caráter.

A falta de escrúpulos vulgarizou a fé, prostituiu o saber e popularizou a mentira transformando   religião em comercio. A situação é tão grave que rituais sagrados foram substituídos por apresentações teatrais com a chancelaria de velhos conhecidos da internet.

A falta de informação abriu espaço para a desonestidade e o desejo de poder implementou a criatividade danosa.

Milhares de pessoas foram roubadas em sua fé criando uma imagem pejorativa associando o culto de òrìsà a criminalidade, nivelando assim a religião com a prostituição e o estelionato.

A mais de dois mil anos o cristianismo trata o sagrado como um negócio, infelizmente na atualidade a nossa religião não está sendo diferente, a sabedoria ancestral em parte está na mão de velhos golpistas que criaram a ilusão que tudo está à venda.

Embora no Ifá a experiência e o conhecimento sejam fundamentais na formação de bons sacerdotes o tempo e a dedicação foram substituídos pela esperteza e a falta de caráter.

A falta de respeito rebaixou tanto o nível da religião de òrìsà na América que sacerdotes honestos comumente são confundidos com criminosos, pessoas dignas que dedicaram anos de estudos ao Ifá hoje são prejudicados por essas quadrilhas de marginais.

O que me deixa mais tranquilo é saber que esse tipo de comportamento começou a ser combatido pelas autoridades e os criminosos estão sendo desmascarados.

A criminalidade dentro da religião tradicional Yorùbá em todo mundo começou a ser mostrada por aqueles que querem preservar o legado ancestral gerando assim uma nova consciência, em breve já não vai existir espaço para esses usurpadores.


Por essa razão devemos denunciar as pessoas que envergonham os nossos antepassados.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial